Sobre

Graffiti \Graf*fi"ti\, s.m.
desenhos ou palavras feitos
em locais públicos. 
Aqui eles têm a intenção de 
provocar papos sobre TI e afins.

O Graffiti mudou!

Visite a nova versão em pfvasconcellos.net

O Zumo, que tratou a coisa como 'novela', acha que sim. Eu, que usei e abusei da imagem ao lado, acho que em nosso mercado nada é definitivo. Aliás, acho que nada é definitivo.

E o negócio é pequeno (uma "ficadinha"), nada parecido com a fracassada tentativa (de "casório") da MS. O Yahoo só terceirizou a parte mais "nervosa" de seu negócio para seu maior concorrente! Leia a frase de novo. Eu espero......Então, nosso mercado não é realmente único?

O fato é que Yang e seu Yahoo ganham fôlego e tempo para fazer sabe-se lá o quê.

E o Page sorri como nunca enquanto seu sócio vai passear no espaço. A Google nada de braçadas. Ainda confunde, mas nada parece atingi-la. Por enquanto...

Então dá tempo de brincar com idéias para o próximo roteiro:

  • MS Solteirona sequestra dálmatas;
  • Brin: "Googleplex, we have a problem";
  • Ballmer vai passear no espaço em nave russa - e não volta;
  • Ballmer descobre um monolito em uma lua de Júpiter, vai estudá-lo e não volta;
  • Ballmer encontra Brin em um anel de Saturno e atira-lhe cadeiras;
  • Ballmer descobre que o monolito de Júpiter roda Windows - e finalmente entende o significado de "Blue Screen of Death!";
  • Ballmer reaparece em Varginha, devolvido por ET's que quebraram por sua causa;
  • Page e Yang se casam em San Francisco, mudam-se para uma ilha do caribe e mandam tudo para o espaço (d'onde Brin não voltou);
  • Bill, sem saber que Ballmer foi preso em Varginha e transportado para Campinas, embarca para Júpiter e pede para Jobs tomar conta do negócio;
  • Jobs, cansado de tanta ficção científica e bobagens afins, banca a clonagem de Douglas Adams. Encomenda-lhe uma sequência do "Guia do Mochileiro das Galáxias" para dar de presente para Bill;
  • Ballmer encontra Page e Yang passeando alegremente em Campinas e joga cadeiras neles;
  • Jobs, cansado de tanta bullshitagem, pergunta se eu não tenho nada melhor para fazer.
Tenho!

2 responses to "Fim da Comédia Romântica?"

  1. Sensacional! Por favor, dedique-se mais ao ócio.

    antoniofonseca

  2. Ô Antônio,

    se fosse só uma questão de vontade...

    abraços,

    Paulo

    Paulo Vasconcellos

Leave a Reply