Sobre

Graffiti \Graf*fi"ti\, s.m.
desenhos ou palavras feitos
em locais públicos. 
Aqui eles têm a intenção de 
provocar papos sobre TI e afins.

O Graffiti mudou!

Visite a nova versão em pfvasconcellos.net

São várias (as coisas que não entendo). Algumas menos que outras. Por exemplo, não consigo entender "As 100 Empresas + Ligadas do Brasil", lista publicada anualmente pelo INFO, um cadinho antes da listona de sua co-irmã, "As Melhores e Maiores" da EXAME. 


Não entendo porque:
  1. Os critérios não são muito claros;
  2. Os critérios são simplistas (investimento em TI, nº de computadores, nº de funcionários, reciclagem e tecnologias limpas); e
  3. A turma que elabora a lista nem se preocupa em mostrar a evolução das empresas em relação ao ano anterior.
Ou seja, parece coisinha de matar tempo; matar algumas curiosidades e matar de rir. Por exemplo, tem empresa que registra um investimento total de US$ 51 milhões em TI e tem apenas 50 funcionários! É das mais ligadas! E contradiz outra informação que vem na mesma pesquisa: 73% dos profissionais de TI são contratados diretamente, contra 27% de terceirizados. Tem gato em tuba que não resiste a uma lupa. 

Assim como tem informação que não resiste a 2,3 segundos de análise. Por exemplo: 34% das empresas afirmam ter blogs, mas apenas 22% têm "RSS". Dá pra entender?

Não, assim como não dá pra entender como empresas "ligadonas", como a Petrobras Distribuidora (22ª colocada na listinha da INFO), lance mão de recursos de terceiros e gratuitos para hospedar um blog. Tô falando do desesperado petrobrasfatosedados.wordpress.com, blog que a empresa lançou para "combater" a CPI (que, diga-se de passagem, não dará em nada). A empresa torra US$ 17 milhões em TI e não tem um servidorzinho 1/2boca para hospedar um blog?!?

Também não entendi o último gráfico da matéria. Trata de "plataformas de desenvolvimento mais utilizadas" e mostra Java (79%), .Net (67%), ASP.Net (63%) e C# (30%). Das duas, uma: ou a turma não sabe perguntar ou a turma não sabe responder. Resumo fácil: ninguém sabe do que está falando!

Se soubessem, e se fosse tudo verdade, o Brasil deveria figurar no topo da lista dos países mais "ligados e antenados" do mundo: afinal, 49% das nossas empresas já estão, de alguma forma, "na nuvem". Só se for no sentido figurado.

2 responses to "Coisas que Não Entendo"

  1. ... com a cabeça nas nuvens, talvez!? (isso inclui o pessoal da redação da INFO, faz tempo)

    antoniofonseca

  2. Pois é, caro Antonio,

    cabeça nas nuvens e o pé atolado num brejo de desinformação...

    abraços e muito obrigado pelo comentário.

    Paulo

    Paulo Vasconcellos

Leave a Reply