Sobre

Graffiti \Graf*fi"ti\, s.m.
desenhos ou palavras feitos
em locais públicos. 
Aqui eles têm a intenção de 
provocar papos sobre TI e afins.

O Graffiti mudou!

Visite a nova versão em pfvasconcellos.net

Como afio minha pena para brigar contra outros monopólios? Me divertindo com a empreZona de Redmond, claro!

Divirta-se comigo: você tem um negócio com 4 produtos. Um dá um lucro absurdo. Absurdérrimo! Outro empata. E dois empacam mais que mula velha. Aliás, são um tipo especial de mula que só tem uma marcha: ré. O que você faria? Quero crer que, por $ que tenha no banco (paradisíaco ou nem tanto), você se livraria dos produtos deprimentes, certo?

Só a MS não entende isso. Aliás, até entende. Mas teima. Teima como uma mula que empacou de uma forma inédita:


Aos números
:

  • A divisão de "serviços online" registrou um prejú de US$ 0.5 bi no último trimestre. Culpa da teimosia pelo Yahoo!? Explicação simplista demais...
  • A divisão "divertida" (XBox e Zune) jogou US$ 1.2 bi no ralo.
Pergunta: até quando a vaquinha leiteira (Win + Office) vai sustentar as derrapadas do Ballmer (e empacadas das mulas)?

Larry Dignan (ZDNet) pergunta se a guerra da MS contra a Google é um tipo de "Vietnã". Sua colega Mary "Jo Jo Gunne" Foley revela o plano da MS para sua divisão "online": gastar, gastar, gastar...

Pergunta II: o cartão de crédito deles não tem limite?

.:.

Mudando de assunto, mas não de alvo. A Folha do último domingo trouxe a seguinte manchete: "SP está mais cara que NY para classe média". Um "infográfico" mostra vários produtos e serviços, comparando preços (em Reais). De um barbeador Gillette Mach 3 (9,99 em SP, 5,16 em NY) até um Honda Civic LXS (65k em SP, 30k em NY). Sabem qual é a maior diferença? O MS Office Standard 2007. 480% de diferença!?! Enquanto em NY se paga R$ 172,18 pelo pacotinho, o desavido de Sampa queima R$ 999,00 pelo mesmíssimo produto!!

A culpa é do tal "custo Brasil"? Haha... me engana que eu gosto. Aliás, gosto não. Sou um satisfeito usuário do OpenOffice, que me custou a fortuna de R$ 0,00! Mas a questão não é essa. A questão é: a MS perdeu a noção? Um dia teve?

Que vergonha: sua vaquinha leiteira, a exemplo daquelas reais em pastos estadunidenses, pasta por aqui. Aproveita o capim do terceiro mundo para subsidiar usuários do tal 1º mundo. Que vergonha!...

2 responses to "Microsoft: Sobre Mulas e Vacas"

  1. Paulo,

    Então leia esse ótimo post no blog do Cezar Taurion (Linux em desktop: o que há de novo) sobre o crescimento do Linux no desktop.

    Eu particularmente somaria a eles os ótimos resultados obtidos recentemente pela Apple e incontestavelmente nós teremos um panorama nada favorável para a Microsoft.

    antoniofonseca

  2. Antonio,

    Há tempos o horizonte da MS anda meio feinho. O "desktop" é seu o último refúgio relativamente saudável. Linux e MacOS *ainda* não incomodam muito, apesar dos números serem consideráveis.

    Mas uma questão que deve incomodá-los é outra: até que ponto o "desktop" permanece relevante em um mundo 100% 'plugado'? Entra aqui aquela divisão da MS que só faz água e prejuízos, a de Serviços Online. É isso que deve tirar o sono do Ballmer. Deveria...

    Grato pelo comentário. Abraços,

    Paulo

    Paulo Vasconcellos

Leave a Reply