Sobre

Graffiti \Graf*fi"ti\, s.m.
desenhos ou palavras feitos
em locais públicos. 
Aqui eles têm a intenção de 
provocar papos sobre TI e afins.

O Graffiti mudou!

Visite a nova versão em pfvasconcellos.net

ou Gemas das Estratégias da MS:

Segundo Mary "Jo Jo Gunner" Foley, a nova campanha publicitária da MS tá "dando nos nervos" (de MacManíacos). Estranho pequeno grande detalhe: a campanha não fala de Windows, só de PC's. Dell, HP, Lenovo, Positivo e CCE agradecem a generosidade da firma de Redmond.

Só não consigo entender porque "MacManíacos" continuam dando tanta importância para esse tipo de provocação. Tudo o que a MS espera receber é barulho mesmo. Claro, não do tipo que aquela desastrada campanha com Gates & Seinfeld geraram.

Reparem amigos MacManíacos que por aqui passeiam: a MS torrou US$ 300 milhões para não falar do Windows! Tipo de barulho fácil de responder: com silêncio. Assim o Macho-Ballmer perde a cabeça. E pode até arriscar uma campanha derradeira: "PC's são de Marte, Macs são de Vênus", hehe.. Em Pindorama ele pode até arriscar uma tropicalização: "Corintiano que se presa compra PC's! Macs são coisa de sãopaulino..." Sem preconceitos, please!

Responder a provocação faz menos sentido ainda quando percebemos que a própria MS se contra-ataca: ela já admite o downgrade do Win7 para WinXP!?!

Quer maior propaganda negativa do que essa?

Aliás, já que estamos em tempos de "transparência total", HP e MS deveriam esclarecer logo se a primeira realmente ganhou carta de alforria da segunda para comercializar maquininhas com XP até 2010. A clientela agradecerá a atenção dispensada.

3 responses to "EstrataGeMaS"

  1. A publicidade da MS me dá nos nervos, porque é ruim, porque é mentirosa e o pior de tudo, porque parte do pressuposto de que todos são estúpidos, exatamente como o CEO deles.

    antoniofonseca

  2. ... duvida? Dá só uma olhada nessa pérola": Time for an audit of Microsoft's 'Apple Tax'

    antoniofonseca

  3. Hehe... eles sempre jogaram assim, caro Antonio. E continuarão jogando...

    Abraços e muito obrigado pelos comentários.

    Paulo Vasconcellos

Leave a Reply